A nossa missão

A Dolat Capital tem como missão propor-lhe um plano de investimentos personalizado, ultra diversificado e com custos estruturalmente baixos. Tudo isto num processo 100% digital e isento de quaisquer conflitos de interesse.

1. Como funciona?

Acreditamos que a melhor forma de criar valor para o cliente é desenhar planos de investimento simples, extremamente diversificados e a custos radicalmente baixos.

Os planos de investimento propostos adequam-se ao perfil de risco de cada investidor. Através da nossa plataforma, os clientes terão acesso a um plano personalizado e que responde às suas necessidades e objetivos de investimento específicos.

2. Qual a filosofia de investimento?

A Dolat Capital defende como princípios de investimento a gestão passiva e o buy-and-hold (comprar, manter e ajustar). As nossas carteiras são ultra-diversificadas, com exposição global aos mercados financeiros e com custos radicalmente baixos – poupança em comissões superior a 70% face aos fundos de investimento registados em Portugal.

3. A Dolat Capital é uma empresa regulada?

Sim. A Dolat Capital, Empresa de Investimento, S.A. é regulada pela CMVM (Nº Licença: 368), prestando os serviços de consultoria para investimento independente e receção e transmissão de ordens por conta de outrem.

4. O que significa consultoria para investimento independente?

De acordo com a definição da CMVM: “A consultoria para investimento independente pressupõe que se verifiquem três condições:

1) a avaliação de uma gama suficientemente diversificada de instrumentos financeiros disponíveis no mercado;

2) o aconselhamento de instrumentos financeiros emitidos e comercializados por si e por entidades terceiras;

3) a não aceitação ou recebimento de qualquer remuneração comissão ou benefício, pago ou concedido por entidade terceira, com exceção dos benefícios não pecuniários de montante não significativo.”

A Dolat Capital, Empresa de Investimento, S.A., presta o serviço de consultoria para o investimento independente, cumprindo na integra as condições exigidas pela CMVM.

Fonte: CMVM – Perguntas e Respostas sobre novas regras para os mercados e instrumentos financeiros (DMIF II)

5. O que é a DMIF II?

A DMIF II refere-se à nova Diretiva dos Mercados de Instrumentos Financeiros – Diretiva 2014/65/UE do Parlamento Europeu e do Conselho de 15 de maio de 2014 e que reforça o quadro regulatório aplicável dos mercados de instrumentos financeiros, com o intuito de aumentar a transparência, reforçar a confiança e proteção dos investidores, limitar as áreas não regulamentadas, assegurar que são concedidos poderes mais adequados às autoridades de supervisão para o desempenho da sua missão, e promover uma maior responsabilização de todos os agentes.

6. Quais as comissões associadas ao serviço?

O Plano Black apresenta a seguinte estrutura de custos:

Custos Diretos:

– A Dolat Capital cobra comissão de consultoria anual de 0.50% (inclui IVA à taxa em vigor) sobre os ativos em carteira;

– Comissões de transação do Interactive Brokers Irlanda

Custos Indiretos:

– O plano de investimentos apresentará um custo corrente anual associado, em média de 0.17% sobre os ativos em carteira.

7. O que deve ter em conta antes de investir?

O investidor deve estar consciente que todos os investimentos têm riscos associados e deve fazer uma escolha sobre qual o nível de risco que está disposto a assumir. Na decisão de investir, deve ter em consideração os custos (variáveis e fixos) inerentes.

O investidor deve recorrer também a informação adicional sobre o mercado, disponibilizada pelas entidades de supervisão, por formas organizadas de negociação de instrumentos financeiros ou por associações profissionais.

O investidor pode e deve recorrer à CMVM para obtenção de informações ou efetuar reclamações e também para informações gerais sobre o funcionamento dos mercados e sobre as características dos produtos disponíveis.

8. Quais os riscos associados aos instrumentos financeiros?

Ações

Uma ação é um instrumento financeiro que representa a propriedade parcial de uma empresa. Isto permite ao investidor deter uma fração correspondente ao conjunto de ativos e passivos do negócio, e consequentemente aos resultados gerados pela empresa, sejam estes lucros ou prejuízos.

Os lucros obtidos num investimento em ações podem ser de duas naturezas: mais-valias, quando o preço de mercado obtido na venda é superior ao preço de compra; ou dividendos, remuneração regular que consiste na distribuição de uma percentagem dos lucros obtidos pela empresa (a distribuição de dividendos depende da capacidade da empresa gerar lucros e da sua política de distribuição desses lucros).

Contudo, o investimento em ações pode gerar prejuízos (menos valias), quando o preço de mercado é inferior ao preço de compra.

O investimento direto em ações deve ser acompanhado pelo conhecimento da empresa em que se investe e pelo conhecimento das condições genéricas do mercado de capitais, já que o comportamento da empresa em Bolsa é também determinado pelo comportamento de todo o mercado.

Obrigações

Uma obrigação é um instrumento financeiro que representa um empréstimo por parte do investidor ao emitente. São emitidos por governos e empresas para financiar projetos e operações, e ao contrário das ações, não conferem ao investidor propriedade sobre o emitente.

Ao adquirir obrigações, o investidor tem direito a uma remuneração, geralmente dependente do risco de crédito do emitente e das taxas de juro do mercado. Essa remuneração é paga com uma determinada frequência e ao fim de um período definido (maturidade) o capital investido é reembolsado.

No investimento em obrigações, existe o risco de não recebimento de juros ou/e de não reembolso do capital, porque a situação financeira da empresa não o permite. É por isso importante, quando se investe em obrigações, conhecer a capacidade de pagamento da empresa e a existência ou não de uma terceira entidade que garanta o reembolso da emissão e/ou o pagamento de juros.

As informações relativas a cada contrato de obrigações podem ser encontradas no prospeto da emissão, disponível junto da sociedade emitente, dos Bancos colocadores e da Bolsa, (quando admitida à cotação).

O investimento em obrigações pode gerar mais ou menos valias quando forem efetuadas vendas antes da maturidade. Tal como as ações, deverá ser analisada a liquidez da emissão, quando adquirida em mercado secundário, ou as perspetivas de liquidez, quando adquirida em mercado primário.

Exchange Traded Funds (ETF)

Um ETF é um fundo de investimento cotado em Bolsa. Os ETFs representam uma forma fácil, de baixo custo e eficiente de investir o seu dinheiro, e normalmente replicam a rendibilidade de índices de mercado de ações, obrigações ou mercadorias, proporcionando um nível elevado de diversificação.

Note-se que o desempenho destes fundos apenas em determinados contextos, e em certos horizontes temporais, são idênticos aos dos indicadores de referência. Ou seja, o investimento num ETF não pressupõe o mesmo desempenho do indicador de referência.

Os ETFs não garantem o capital investido nem os rendimentos devido à oscilação do valor dos ativos, que dependem das características dos títulos e dos mercados financeiros em que os ETF investem.

9. Contas Conjuntas

Na Dolat Capital é possível abrir, junto do Interactive Brokers, uma conta de títulos conjunta. Para isso, após o registo através do nosso site, é necessário que nos indique quem será o 2º titular e nos envie os dados pessoais, juntamente com os comprovativos de identidade e morada, para digital@dolatcap.com.

Consultoria para Investimento

Através de um breve questionário de perfil de investidor, ficamos a conhecer as suas necessidades e objetivos financeiros.

1. Como posso contratar o serviço de consultoria para investimento?

Pode iniciar o processo de contratação do serviço através do seguinte link.

2. Como funciona o Plano Black?

No Plano Black, a Dolat Capital recomenda um plano de investimento adequado ao perfil de investimento do cliente e procede à abertura de uma conta com uma corretora online de excelência (Interactive Brokers Irlanda), permitindo que todo o processo de investimentos, incluindo a implementação do plano, bem como a monitorização dos instrumentos financeiros, possa ser efetuada através do nosso site ou aplicação.

3. Qual o investimento mínimo necessário?

Para o Plano Black, o investimento mínimo é de 50 000€.

4. Como posso terminar o contrato de consultoria com a Dolat Capital? Existe alguma comissão que tenha de pagar?

Poderá terminar o contrato de consultoria para o investimento, solicitando a rescisão do mesmo, enviando um email para digital@dolatcap.com. Não existe nenhuma comissão associada a este ato.

5. Como posso fazer reforços à minha carteira de investimentos?

Para fazer um reforço à sua carteira, necessita de entrar na plataforma digital da Dolat Capital e clicar na funcionalidade de reforços, indicando o montante que pretende transferir. Posteriormente, receberá um email com o IBAN para onde deverá fazer a transferência.

6. Existe algum montante mínimo para os reforços?

No Plano Black, poderá fazer reforços à sua carteira, sempre que quiser, com um montante mínimo de €200.

7. Quem posso contatar se tiver algum problema com a transferência de fundos?

Por favor contate-nos por e-mail (digital@dolatcap.com) ou por telefone (210 143 042).

8. Como fazer um desinvestimento parcial ou total?

Para fazer um desinvestimento na sua carteira, necessita de entrar na plataforma digital da Dolat Capital e clicar na funcionalidade de desinvestimento, e posteriormente escolhe se pretende um “Desinvestimento parcial” ou “Desinvestimento total”. Após a decisão do cliente de desinvestimento (parcial ou total), a Dolat Capital irá criar uma Tese de Investimento, em conformidade, de forma a gerar a respetiva liquidez na carteira. Neste processo apenas existem os custos de transação associados à venda dos ETFs.

9. Existe algum montante mínimo para os desinvestimentos parciais?

O montante mínimo para cada desinvestimento parcial é de €2 500.

10. Pago alguma comissão à Dolat Capital ou ao Interactive Brokers pelo desinvestimento?

A Dolat Capital não cobra nenhuma comissão pelos desinvestimentos, e a corretora, o Interactive Brokers, permite 1 transferência SEPA gratuita por mês, após a qual cobra uma comissão de €1, pelas transferências SEPA seguintes.

Perfil de Investidor e Carteiras Modelo

Criamos planos de investimento adequados e personalizados ao seu perfil de risco

1. Como é atribuído o meu perfil de investidor?

O perfil de investidor é atribuído através de um questionário curto que avalia o nível de conhecimento e experiência de investimento do cliente, a sua situação financeira, e os seus objetivos e preferências de investimento.

Com base nas respostas do cliente, é atribuído um de cinco perfis de investidor, no qual se baseará a recomendação de investimento.

2. Posso mudar o meu perfil de investidor?

O perfil de investidor não poderá ser atualizado manualmente pelo cliente. No entanto, é possível (e recomendável) que o cliente reveja, periodicamente, se as respostas ao questionário de perfil ainda se mantêm válidas. O questionário de perfil pode ser revisto seis meses após a última atualização.

3. Que instrumentos financeiros são utilizados para a construção das carteiras modelo?

As carteiras modelo são construídas usando exclusivamente Exchange Traded Funds (“ETF”), pela sua simplicidade, extrema diversificação, custos radicalmente baixos e facilidade de efetuar ajustes periódicos à carteira de investimento, quando necessário.

4. Como se processa a seleção de ETFs?

A Dolat Capital, Empresa de Investimento, S.A., analisa de forma extensiva e abrangente o universo dos ETFs disponíveis em Portugal e seleciona aqueles que considera mais eficientes e adequados para o cliente final.

De acordo com os pressupostos para prática de Consultoria para Investimento Independente, a Dolat Capital não recebe qualquer tipo de remuneração pecuniária, ou de outro tipo, de nenhum intermediário financeiro por proceder à seleção de ETFs.

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter sobre literacia financeira.

    Nunca foi tão simples investir bem o seu dinheiro

    Web App
    Dolat Capital

    A Dolat Capital tem como missão propor-lhe um plano de investimentos personalizado, ultra diversificado e com custos estruturalmente baixos. Tudo isto num processo 100% digital e isento de quaisquer conflitos de interesse.

    © Dolat Capital, Empresa de Investimento, S.A. Todos os direitos reservados.

    A Dolat Capital, Empresa de Investimento, S.A., com sede Avenida Miguel Bombarda, 42 – 6.º D, 1050-166 em Lisboa, NIPC 513852441, com o n.º de registo 368 da CMVM, através da sua plataforma digital, presta consultoria de investimento de natureza específica aos seus clientes, tendo por base, entre outras, o seu perfil de risco e objetivos financeiros. A informação contida neste site é genérica e não constitui uma recomendação nem consultoria de investimento. Rendibilidades passadas não constituem uma garantia de rendibilidades futuras.

                                                 Parceiros tecnológicos.